Quais são as técnicas do visagismo

Quais são as técnicas do visagismo?

De modo geral, o visagismo se usa para valorizar a beleza de uma face e criar uma imagem pessoal autêntica, de acordo com as características físicas de cada um.

Você já ouviu falar sobre visagismo? Se ainda não, ou se deseja saber um pouco mais sobre o assunto, portanto, veio ao lugar certo.

O que é visagismo?

Visagismo deriva da palavra francesa “Visage”, que significa “rosto”. E “ismo”, que significa “conceito”. Visagismo, em outras palavras, é um conceito que usa meios e técnicas para identificar e analisar proporções do rosto a fim de expressar o que há de melhor em uma pessoa.

Afinal, a identidade de uma pessoa se exibe no rosto. Além da estética facial, o Visagismo amplia sua compreensão de personalidade e identidade, ao analisar a pessoa ao lado de suas características mais marcantes, em relação ao seu rosto.

Sendo assim, o visagismo é o estudo das linhas, formas geométricas, cores, texturas, proporções, entre outros.

O visagismo nos dias de hoje

Hoje em dia, o conceito é difundido graças ao autor Claude Juillard, que foi o primeiro a desenvolver um método com base na análise do comportamento e nas características físicas de uma pessoa.

No entanto, segundo o artista plástico, Philip Hallawell, o pai do visagismo no Brasil, essa percepção do que é visagismo se limita ao estado da pessoa e não abrange quem ela é.

O visagismo não se limita a uma análise estética. Essa técnica também examina o que é funcional para uma certa personalidade e tipo físico.

Quais são as técnicas do visagismo?

Como você pôde ver até aqui, o visagismo leva em conta tanto o lado externo quanto o interno de uma pessoa. Dessa forma, as técnicas mais comuns têm base nos mesmos princípios, tais como.

Personalidade

Philip Hallawell recomenda que os arquétipos de personalidade definidos pelo psicanalista Carl Jung sejam levados em conta ao determinar a personalidade de uma pessoa.

Os temperamentos da beleza são definidos por eles, que são quatro no total:

  • Sanguina: se caracteriza pelo vigor e vibração. Extrovertido, dinâmico, desafiador e inventivo. Como resultado, a pessoa irradia alegria e entusiasmo;
  • Colérica: distingue-se pelo seu comportamento. Expressa força, coragem, determinação, liderança e poder;
  • Fleumática: A serenidade e a espiritualidade são irradiadas pela beleza fleumática. Além de simpática e diplomática, é meiga e acolhedora;
  • Melancólica: Elegância, sensibilidade e sofisticação fazem parte da beleza melancólica. É uma obra de arte com muito charme e um efeito que inspira calma.

Formatos de rosto

Formatos de rosto

Para ter uma maior harmonia na estética da beleza, o formato do rosto também deve se considerar! Há, no total, 8 tipos diferentes de rosto, sendo eles:

  • Redondo;
  • Oval;
  • Retangular;
  • Quadrado;
  • Triangular invertido;
  • Losangular;
  • Hexagonal de base reta;
  • Triangular.

Onde aplicar o Visagismo?

Agora que você já entendeu melhor o conceito de Visagismo e o que ele estuda, já podr passar para o próximo passo é aprender a colocá-los em prática. As quatro formas de trabalhar os Visagismos no universo do Beleza são as seguintes:

Maquiagem

Maquiagem

A maquiagem é uma das maiores formas de usar os conceitos do Visagismo. Pois, a maquiagem trabalha com suas linhas, formas e cores, e é a melhor meio de se expressar.

Corte de cabelo

O corte de cabelo é o lugar mais comum para aplicar o Visagismo, graças à existência de linhas e formas que têm os mesmos significados no cabelo. E, além de combinar com o formato do seu rosto, você pode enviar uma mensagem que deseja ao fazer um corte específico.

Cor do cabelo

O Visagismo também analisa as cores e a harmonia que elas fornecem ao rosto. E isso pode se aplicar em cores de cabelo; você pode trabalhar com a cor para retratar a emoção que deseja transmitir.

Sobrancelha

As sobrancelhas são linhas e formas, o Visagismo também trabalha o design delas. Como resultado, você deve adaptá-las à mensagem que gosta de transmitir e garantir que estejam em harmonia com o formato do seu rosto.

Como se tornar visagista?

Com o aumento da demanda, a arte da construção de imagens é a mais promissora no campo da beleza. Os Visagistas podem atuar nas áreas de relacionamento social, corporativa e de imagem para pessoas comuns, celebridades ou artistas, por mídias sociais, televisão ou qualquer outro tipo de comunicação visual.

Para atuar como visagista, você deve primeiro concluir um curso. Assim como absorver conceitos teóricos como princípios biológicos e psicológicos, é preciso desenvolver habilidades práticas.

Entre os cursos existentes, o do Mega Cursos é um dos melhores, para aprender como aplicar as técnicas de forma adequada, obter um certificado e começar a atuar no campo.

Agora que você já sabe quais são as técnicas de visagismo e para que servem, não esqueça de enviar este conteúdo para os seus amigos que possam se interessar por esta técnica!